Crítica: Os Vingadores – The Avengers


os vingadores - Crítica: Os Vingadores - The Avengers

Por: Patrick Duarte

Fala Pensadores e vingadores do universo Marvel!

Nessa sexta dia 27 teve inicio a maior aposta no mundo dos cinemas, Os Vingadores uniram os nerds de todos os estados e cidades para o maior evento heróico da década.

Os Vingadores – The Avengers com certeza foi a maior aposta da Marvel para as telonas. Criar e elaborar um roteiro individual para os filmes solos de cada personagem já não é tarefa fácil, e ir além disso, intercalando cada evento e dando o digno espaço para cada héroi era praticamente impossível. Quem sonha e acredita alcança seu sonho!

Juntar tantos hérois em um único filme só teria dois caminhos: Perfeito ou Desastre. O roteiro foi maravilhosamente escrito dando espaço para o desenvolvimento de cada personagem, o roteiro de Joss Whedon não poderia ser melhor.

Quando um desastre sem tamanho ameaça a paz na Terra, a S.H.I.E.L.D, sob comando do enigmático Nick Fury (Samuel L. Jackson) inicia seu plano de proteção chamado “Iniciativa Vingadores”, reunindo os maiores hérois do planeta. O time formado por Tony Stark/Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Steve Rogers/Capitão América (Chris Evans), Bruce Banner/Hulk (Mark Ruffalo), Thor (Chris Hemsworth), Clint Barton/Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) e a bela Natasha Romanoff/Viúva Negra (Scarlett Johansson) irão unir forças para enfrentar seu maior desafio.

os vingadores 2 - Crítica: Os Vingadores - The Avengers

O filme é cheio de referências aos gibis, e quem conhece vai reconhecer na hora. Em meio ao desastre as cenas de ação ganham seu mérito pelas belas fotografias e sequências, dando completo entendimento ao que está passando sem deixar você perdido em nada. Os efeitos visuais foram ótimos, principalmente ao efeito Hulk, diferente do que foi apresentado no filme anterior, ele era menos definido em músculos, mas sua estrutura ficou mais realista. Todos os uniformes dos personagens ficaram perfeitos. Esse foi o primeiro filme em que o ator fez as capturas de movimento do Hulk. Em igual potência a ação o filme é recheado de alívios cômicos, tendo como o troll mestre o narcisista Tony Stark. Em vários momentos ele não perde a piada e seu jeito de levar a situação. Ele consegue irritar até Loki que não se importava com os insultos dos outros. Sem dúvidas esse filme foi também do Downey Jr., ele foi sensacional e perfeito em sua criação. Outro personagem que dá um toque a mais no filme é o Hulk, esse mostro verde consegue tirar boas risadas da platéia.

O clímax do filme chega com a invasão do exército que está no controle de Loki. Os Chitauris, uma raça alienigina ataca com força total em sem piedade. Já chega quebrando tudo! Uma luta sem espaço para descanso, Os Vingadores finalmente deixam suas diferenças de lado e mostram que a união é a maior força de todas. 

Loki tem todo o poder para destruir a Terra, mas ele é apenas um fantoche na mão de um ser mais poderoso, um grande inimigo do universo Marvel que já foi referenciado no filme solo do Thor.

aliens os vingadores - Crítica: Os Vingadores - The Avengers

Eu ouvi muitos – na saída da sala de cinema –  falando que esse foi o melhor filme de héroi, melhor até que Batman. Não há como comparar os filmes,os dois são ótimos em mundos diferentes. Mas com certeza Os vingadores foi o filme da década, pela ousadia de unir tantos protagonistas e dar o mesmo espaço e mérito em seus 142 minutos incansáveis. O filme foi uma experiência inédita para todos os fãs, além da super homenagem do filme a todos os nerds. Não há como falar mais do filme sem soltar spoilers, você precisa assistir para saber, se ainda está com dúvida um única frase resume esse filme:

“Heroicamente Perfeito”

Veja Também  O novo BBB da Globo: The Ultimate Fighter Brasil

Um comentário

Deixe uma resposta