Meu Alvo é Cristo!


meu alvo c3a9 cristo - Meu Alvo é Cristo!

Por: Patrick Duarte

Leitura Principal: Filipenses 3-14

“Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

Se perguntarmos a qualquer um que frequenta uma igreja: “Qual é o seu Alvo?”. Certamente ele responderá: “É Cristo”. E nessa reposta cabe outro questionamento: Essa resposta foi verdadeira ou automática?

Em termos de significado pelo dicionário, as palavras Objetivo e Alvo tem a mesma função. As duas são conquistas que dependem de nossas ações para serem adquiridas. Mas será que observando a palavra Objetivo e Alvo pelo lado espiritual conseguimos encontrar alguma diferença?

Quando utilizamos esses conceitos em nossa vida, fica fácil criar uma base de diferença entre Objetivo e Alvo.

Objetivo

Quando criamos um objetivo, em tese, elaboramos um plano de ação, ou seja, especificamos métodos e meios para o alcançarmos. Pode acontecer que, no meio do percurso, algo inesperado ocorra, então temos a seguinte – e principal – reação: “Passar por cima”.

Alvo

Em uma competição de tiro, seja arco e flecha ou arma de fogo, o alvo está lá, mas não existe nada na frente dele. É só você, sua arma e o alvo. Quando assistimos a um filme de guerra, que o piloto “trava o alvo”, ele tem que esperar a sincronização perfeita para atirar e se algo passa na frente, não tem como passar por aquilo, é recomeçar de novo e retomar a “trava” no alvo.

O que quero deixar evidente aqui é que quando tratamos de objetivos, não importa os empecilhos que aconteçam, sempre damos a volta por eles. Já no Alvo, precisamos ter um campo de visão limpo, para mirar e atirar!

O interessante é como esses dois termos iguais e diferentes são essenciais e se completam, e veremos como eles se identificam, e muito, com nossa vida espiritual.

Voltando um versículo antes da leitura principal temos o seguinte:

Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim; Filipenses 3:13

Nessa passagem, Paulo escreve aos seus irmãos sobre a importância de prosseguir em frente, se esquecendo do que ficou no passado. É comum ver pessoas que ficam presas a seu passado e ficam encurraladas em sentimentos, não enxergando a luz no fim do túnel logo à frente. Não devemos nos “amarrar” com acontecimentos de outrora, mas devemos sempre seguir em frente. Deus não prometeu uma vida simples e fácil, mas deu exemplos de como vencer.

Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16:33

Deus, em seu infinito amor pela humanidade, entregou a morte, seu único filho, para que todos nos estivéssemos livres das mãos do inimigo e salvos pela graça de Jesus Cristo.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Quando estamos em Cristo, e deixamos que Ele viva em nós, ficamos fortalecidos e resistimos a toda prova que possa aparecer. Nesse campo de espiritualidade, não andamos mais conforme nossa visão carnal proporciona, mas temos a visão e o discernimento espiritual do Espírito Santo de Deus, e conseguimos ver nosso alvo, sem empecilhos, já que as riquezas e vaidades desse mundo não sufocam mais nossa mente e coração. Mas como deixar que Jesus viva em nós? Em um momento de angustia, o próprio Senhor Jesus nos ensinava como fazê-lo:

E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres. Mateus 26:39

Viver para Cristo e permitir que Ele viva em nós é resultado da nossa vivência: a leitura da Palavra de Deus, da oração e da adoração.

A relação das palavras objetivo e alvo em nossa vida crista é a seguinte:

– Conforme seguimos em frente, as frustrações da vida tentam nos desanimar, mas não podemos nos prender a elas, e devemos passar por cima delas, esquecendo e deixando-as para trás. (Objetivo)

– Quando estamos revestidos do poder de Cristo, nada fica a nossa frente, nada interfere na ligação que existe entre nós e o Criador. Tudo fica claro e certo! A palavra de Deus nos protege e nos guia. (Alvo)

Temos exemplos na bíblia de pessoas que perderam o foco. O caso mais conhecido é quando a mulher de Ló deixou de seguir em frente, amarrada ao passado olhou para trás, e se tornou uma estátua de sal.

A vida do cristão é uma fusão das características do “Objetivo” e “Alvo”. Tudo o que passou deve ficar para trás e o que vier pela frente, que não tampe nosso campo de visão.

Saber e reconhecer nosso Alvo é o principio para uma vida de cristão (não digo de religião, mas de imitadores de Cristo), mas temos que ter em mente que, quando definimos nosso alvo como Cristo, nos tornamos, por consequência, o alvo do mundo.

Não perca o foco! Seja fiel e continue a adorar a Deus, olhando sempre para frente.

E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus. Lucas 9:62

Veja Também  Deus já mudou de ideia? C.H. Spurgeon

Deixe uma resposta