7 Pecados Profissionais | Veja a lista do que não fazer no ambiente de trabalho

Fique atento, pois esses comportamentos costumam gerar demissão.

Há muitos diferentes comportamentos que costumam gerar uma demissão, e muitas vezes o funcionário nem se dá conta do que fez de errado. Por isso, baseados no livro “Corporate Confidential – 50 Secrets Your Company Doesn’t Want You To Know”, que em português pode ser traduzido como “Arquivo Confidencial Corporativo — 50 segredos que a sua empresa não quer que você saiba”, resolvemos levantar os principais pecados da vida profissional. As ideias da autora norte-americana Cynthia Shapiro são polêmicas e você pode até não concordar com os argumentos, mas eles servem pelo menos para fazer você refletir sobre o assunto.

pecado - 7 Pecados Profissionais | Veja a lista do que não fazer no ambiente de trabalho

1. Socializar além da conta

Vejam só vocês… Quem diria que ser aquele funcionário querido e super sociável poderia comprometer sua segurança no emprego. Pois pasmem… Pode sim!

Segundo a consultora de carreira Cynthia Shapiro, isso acaba levando os funcionários a compartilharem muita informação pessoal no trabalho e isso pode se voltar contra eles mesmos. Portanto, se quiser ficar seguro, o melhor a fazer é procurar amigos fora do ambiente de trabalho.

2. Usar o e-mail do trabalho para fins pessoais

Foi enviar um comentário para um amigo e acabou enviando para o chefe. Quem nunca? Fique esperto, dependendo do teor da conversa, isso pode te custar o emprego. Para evitar esse tipo de situação, considere tudo o que você escreve no e-mail do trabalho como informação pública.

3. Reclamar e desacreditar de tudo

Sabe aquele tipo de pessoa que sempre enxerga o copo meio vazio e acha que nada vai dar certo? Erro gravíssimo, já que as empresas costumam valorizar mais os profissionais otimistas, que geralmente, passam a ideia de serem mais bem-sucedidos.

4. Viver na defensiva

Em um ambiente com pessoas de todo o tipo e pensamentos tão diferentes, é natural que em algum momento haja confrontos. A questão é que o seu chefe provavelmente não quer saber quem tem ou não razão. Então, na hora da discussão, aja com cautela e resista a todo custo à tentação de se defender.

5. Achar que o RH é seu amigo

Segundo a consultora Cynthia Shapiro, usar o RH como confessionário é um dos piores erros. Acontece que, em determinadas circunstâncias, o que você disser lá pode ser levado para quem toma as decisões na empresa. E dependendo do conteúdo do que for exposto, você pode ficar fora do páreo na hora que pintar uma promoção, por exemplo.

6. Pedir aumento justificando merecimento

Cynthia Shapiro recomenda nunca usar como argumentos motivos pessoais como a compra da casa própria ou a chegada do primeiro filho, por exemplo. Segundo ela, o que profissional precisa é apontar fatos concretos que mostram o quanto seu trabalho está agregando para a empresa.

7. Procrastinar trabalho

O mundo corporativo está cheio de procrastinadores, que acumulam tarefas e colecionam prazos estourados. E essa é uma das coisas que mais comprometem a imagem do profissional diante dos gestores e geram demissões.

Patrick Duarte

Patrick Duarte, CEO do Blog Pensamento Livre. Jornalista (MTB 0082370/SP). Adorador e escritor. Músico e Professor na Escola Bíblica Dominical (AD - Taboão). Piadista nas horas vagas. Acima de tudo, Servo do Deus!!! Patrick Duarte Silva

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: