Do que me serve a Igreja?

Afinal, será que eu preciso de uma igreja?

Do que me serve a igreja? Sim, essa é a pergunta que inicia esse texto. Pode parecer forte e até agressivo, mas veremos que na verdade essa pergunta e a sua resposta definirão nosso caminho na estrada cristã.

Muito tem se popularizado o termo “desigrejado” de alguns anos para cá. Esse termo pode ser definido como um conceito ideológico da recente “teologia aberta”. No geral, as pessoas que compõem esse nicho são representantes que sofreram com alguma desilusão na instituição igreja, por não concordar com a forma que a mesma é administrada ou simplesmente por achar que a frente da administração dela só possui ladrões e pilantras.

Quando algo que deveria ser um local de adoração a Deus se torna um empecilho na vida do cristão, esse não consegue mais conviver naquele local e precisa “se libertar”. Mas será que esse realmente é o caminho?

igreja corpo de cristo - Do que me serve a Igreja?

No novo testamento, a igreja é representada como  “corpo de Cristo”. A igreja representa Cristo na Terra, logo, os membros da igreja são a formação desse corpo. Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. 1 Coríntios 12:12

Não apenas esse, mas outros versículos mostram a representação da igreja como “corpo”. Pensando dessa forma, percebemos que os participantes da igreja (corpo) são os membros que compõem esse corpo. Como pode então o pé, por livre escolha, decidir ir embora, sem levar o resto do corpo com ele?

Infelizmente existem muitos picaretas que abusam da fé alheia e corrompem a Palavra de Deus para prazer pessoal, mas não podemos esquecer que em todos os lugares, seja cristão ou secular, existirão pessoas assim, pois são humanos. Se utilizar disso para justificar seu abandono pela igreja é “entendível”, mas não justificável.

É IMPOSSÍVEL, biblicamente, ser desigrejado e participante do corpo de Cristo. Ao deixar de participar da igreja (instituição) perde-se a ligação com o corpo. É como se você mesmo tivesse se amputado do corpo. Deixar de participar da igreja é deixar de cumprir os mandamentos, é deixar de ser representante legal de Cristo, é deixar, simplesmente, de ser membro.

Ah, mas igreja sou eu e não uma construção!” Em partes, essa afirmação está correta. A construção não é e nunca será igreja, pois um compilado de tijolos e cimento não pode adorar a Deus. Em contrapartida, o ser humano por si só não pode ser igreja. A igreja é a participação e comunhão (convívio) entre os irmãos.

O relacionamento com Deus não pode nascer de uma solidão. Ele parte do pessoal, mas se estende ao coletivo.

Quando somos comparados a pedras que unidas formam a igreja (1Pe 2.5 – aqui fala da igreja espiritual), da mesma forma, o corpo só pode existir se os membros estiverem ligados.

O relacionamento com Deus exige o amor ao próximo, e como podemos exercitar esse mandamento se não estamos mais em convívio com a comunidade de Deus.

Quando olhamos para trás e decidimos que a igreja não nos serve mais, tudo que Cristo fez e ensinou perde o sentido. Se chegamos a esse ponto da vida, se por algum motivo, seja o mais simples que for, chegamos a esse ponto, a real pergunta, o verdadeiro questionamento que deve ser feito é: Do que eu sirvo a igreja? O que eu sou para o Corpo de Cristo? Sou um membro ativo ou me tornei um membro sem vida?”

Afinal, eu PRECISO da igreja!

Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.
Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo? E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo?
Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo?
Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo. 1 Coríntios 12:12-20

Patrick Duarte

Patrick Duarte, CEO do Blog Pensamento Livre. Jornalista (MTB 0082370/SP). Adorador e escritor. Músico e Professor na Escola Bíblica Dominical (AD - Taboão). Piadista nas horas vagas. Acima de tudo, Servo do Deus!!! Patrick Duarte Silva

Um comentário em “Do que me serve a Igreja?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: